Sejam bem vindos !!!

domingo, 17 de janeiro de 2016

Os Vurdons (Vagões ciganos)



Originalmente os Romanichal (ciganos britânicos) viajavam a pé , ou com carroças puxadas por cavalos, sobre as quais dobravam galhos flexíveis, em forma de meio círculo, onde prendiam uma cobertura impermeável. Nem todos os grupos se deslocavam dessa forma, sendo que muitos nunca andaram de vurdon. Mas os Romanichal e os Sinti-Manush tornaram-se exímios fabricantes dos vurdon.

O grupo de ciganos Romanichal chegou as ilhas britânicas em 1500 d.c, mas somente  iniciaram as caravanas (a vida dentro dos vurdon) em 1850.
Os vagões foram utilizados pela primeira vez como forma de alojamento, na França em 1810 por ciganos Sinti- Manush que trabalhavam como circenses.
Estes vagões foram chamados de vardo na lingua Romani (originário da palavra vurdon do iraniano).

Não há simbolo Romani (cigano) mais emblemático ou reconhecível do que um vurdon utilizado ainda hoje por ciganos do grupo Romanichal.
A construção de um vurdon levava em média de seis meses a um ano e podia ser feito de uma variedade de madeiras incluindo carvalho, freixo,olmo, cedro e pinho na sua construção.

Existem seis tipos de vurdon que diferem na forma, tamanho, no posicionamento das rodas,da cobertura, etc. vejamos como eles eram construídos:

Vurdon Burton
Originalmente o vagão Burton  possuía rodas pequenas, que não era adequado para utilização fora da estrada. Possuía esse nome, pelo fato de ter sido construído na cidade de Burton, na província de British Columbia.

Vurdon Vassoura
O vagão vassoura tinha características distintas: uma meia porta com persianas de vidro, localizadas na parte de trás, e não tinha claraboia no telhado. O exterior era equipado por prateleiras que permitiam aos ciganos transportar itens comerciais, como vassouras, escovas,cadeiras de vime e cestas que eram vendidas em cada cidade que passava.

Vurdon Reading
Ele data de 1870 e leva esse nome, pois é o nome do construtor "Dauton and Sons of Reading". Este foi altamente valorizado pelos ciganos pela sua concepção estética, beleza e praticidade para cruzar lugares rasos dos rios,e terrenos acidentados.
O vurdon Reading tinha quase 3 metros e meio de comprimento, uma varanda na frente e nos fundos. As rodas traseiras de 18 polegadas maiores do que as da frente, possuía cabeças de leão e gárgulas esculpidas nos acabamentos e pintadas com pó de ouro.

Vurdon Elevado
O desenho caracteristico de ampla extremidade fazia com que esse vurdon fosse chamado de casa de campo, pois tinha uma estrutura mais robusta, com sala de estar, teto abobadado, 4 metros de altura, varanda em cada extremidade, sendo que o telhado da varanda era apoiado em suportes de ferro e as paredes altamente ornamentadas com arabescos e esculturas.

Vurdon Frente Alta
Construído com base na concepção do vurdon elevado , este era significativamente mais leve e menos propenso a virar com um vento forte. O projeto incorporou uma capota de lona leve , apoiado por uma estrutura de madeira (esta pintada de verde, para ser menos perceptível na floresta).

Vurdon Muito Aberto
Quase idêntico em tamanho e construção ao vurdon frente alta,este contava com o mesmo desenho mas com uma cortina no lugar da porta de outros vagões. A entrada do vagão era coberta apenas com uma cortina de pano.

A decoração dos vurdons
Os vurdons eram decorados por entalhes feitos à mão e ricamente pintados com simbolos tradicionais ciganos, tais como incluindo cavalos, pássaros, leões, flores e aplicação de latonagem em folhas de ouro.


Fonte : http://www.embaixadacigana.org.br/cultura_identidade.htm#vurdon